Inventário Verde 
da Boa Esperança

2019

um trabalho de Maurício Pokemon

 

Teresina nasceu como Vila Nova do Poti, a partir de comunidades ribeirinhas de ancestralidade indígena e quilombola, que viviam onde hoje é a zona norte da cidade. Num mapeamento aéreo da zona urbana da cidade, temos a região da Avenida Boa Esperança como uma das poucas com vegetação nativa preservada e relação intrínseca com a subsistência de quem ali vive: pescadores, rezadeiras, artesãos, oleiros... No entanto, a comunidade passa por um momento crítico de “modernização” e ameaça sobre sua existência—o que significa também uma ameaça sobre as condições antropológicas, culturais e naturais, tão específicas e pujantes daquela região.


Maurício Pokemon fez novas imersões junto à Boa Esperança entre novembro2018 e março2019.
Neste período de residência entre a avenida e o Campo Arte Contemporânea, o artista produziu um inventário de fotografias analógicas sobre as relações literais e simbólicas daquelas pessoas com o Verde. A convivência com ribeirinhos e as paisagens que os circundam geraram imagens-testemunho sobre o diálogo orgânico entre o cotidiano da comunidade e a natureza de beira, natureza de rio, e desembocou em uma exposição no Campo Arte Contemporânea interligada a intervenções em casas da comunidade, em maio e junho de 2019: o Inventário Verde da Boa Esperança.

https://cargocollective.com/mauriciopokemon/inventario-verde-da-boa-esperanca

Circulação - Produção CAMPO

 

Fotofestival SOLAR, Fortaleza-CE

dez/2018

Exposição no CAMPO arte contemporânea, Teresina/PI

jun/2019

Fala na Bienal do Livro do Ceará, Fortaleza,CE

ago/2019

Exposição na Mostra Rumos Itaú Cultural

set a nov/2019

Livro Inventário Verde da Boa Esperança

lançamento em novembro de 2019

Projeto Ocupe o Espaço, de Maurício Pokemon, realizado com apoio da Lei de Incentivo Municipal A Tito Filho.

Open studio MOVEMENTS FOR SURVIVAL com lançamento do livro Inventário Verde da Boa Esperança durante residência artística de 03 meses no Cité des Arts a convite do Instituto Francês do Brasil, Itaú Cultural e Prefeitura de Paris - Paris, França

dez a mar/2020